MODA

Você trabalha com moda ou tem esse sonho?

Então prepare-se, o segmento está sempre inovando e a cada ano, a criação de novos nichos e o lançamento de tendências, vem deixando os empreendedores desse segmento mais "nichados" e especialistas.

Pode ser uma loja de roupas esportivas, uma varejista de lingeries, um comércio de calçados ou uma marca de blusas, básicas e minimalistas. Esse mercado topa tudo, quem é o seu cliente?

 

 

Fatos e informações importantes sobre o segmento da moda

As vendas de roupas movimentaram R$ 177 bilhões no Brasil em 2016 segundo o Instituto Inteligência de Mercado (IEMI).

Já em 2017, houve um crescimento de 7,9% sobre esse valor, o que levou o setor a arrecadar mais de R$ 190,6 bilhões. Com esses dados quem não quer entrar nesse mercado, só é importante lembrar que um segmento assim, é bastante concorrido, porém lucrativo.

 

Dados sobre o mercado da Moda

  • 6,1% é o quanto o varejo de vestuário deve crescer no Brasil em 2018, frente a 2017;
  • 3% é o quanto a produção de peças de roupas deve crescer no Brasil neste ano;
  • R$ 200 bilhões é o montante que deve ser faturado pelas lojas de roupas no Brasil neste ano.

 

Tendências e Drives de Mudança

A surgimento de sub-segmentos, como, principalmente, as lojas de moda voltadas à nicho específicos. Um exemplo são as lojas de roupas de crianças ou fantasias, peças plus size ou voltadas à prática de esportes, além das mega store com grande variedade de itens e as slow fashion brands.

Marcas com propósitos sociais, têm ganhado uma relevância mais que especial no mercado.

 

Pontos de reflexão

Ser organizado e detalhista é que um dos principais pontos de sucesso de uma loja de roupas, já que a organização do espaço, do estoque, peças e embalagens são tão importantes para a experiência de consumo.