HOTELARIA E TURISMO

Ser dono de uma agência de viagens ou um pequeno hotel, uma empresa de intercâmbio estudantil ou até mesmo trabalhar de casa vendendo pacotes turísticos? Você quer ou já está no mercado?

Confira as várias opções para empreender no mercado da hotelaria e turismo. Para começar, vale a pena pensar que viajar é uma das atividades preferidas dos brasileiros e ainda há muito o que fazer para que as empresas ofereçam serviços de qualidade neste segmento.

 

 

Fatos e informações importantes sobre o segmento

O Produto Interno Bruto (PIB) do turismo brasileiro deve crescer, em média, 2,9% nos próximos 7 anos, de acordo com um estudo elaborado pelo World Travel & Tourism Council (WTTC) e o mercado de turismo no Brasil impressiona pela capacidade econômica e pelas possibilidades que oferece.

Esse é um mercado de R$ 251,8 bilhões e mesmo assim, esse número está crescendo lentamente, considerado que o crescimento percentual é mais lento que o de países vizinhos como Peru e Chile, cujas previsões de crescimento médio anual até 2026 é 5,8% e 3,4% respectivamente, contra 1,6% no Brasil.

 

Dados importantes sobre o mercado de hotelaria e turismo

  • 9,2 milhões de brasileiros viajaram para o exterior em 2017;
  • 3% é o quanto esse contingente deve crescer por ano até 2022;
  • 96% de todas as viagens ainda são domésticas (223 milhões por ano).

 

Tendências e Drives de Mudança

Vale a pena observar o rápido crescimento do Turismo da Terceira Idade. Sendo que o Brasil possui mais de 27 milhões de pessoas com mais de 60 anos.

E esse número terá mais do que dobrado, para 65 milhões em 2050, de acordo com um relatório do Banco Mundial.

Segundo informações levantadas pela da Ebit, outra tendência é a venda de pacotes de viagens online. Nos últimos cinco anos, o número de pacotes comercializados digitalmente aumentou 73%.

Uma grande tendencia é a humanização e a personalização da forma como o consumidor será atendido. O apelo emocional tem seu peso, já que esse segmento trata da realização de sonhos.

Utilize também do marketing digital, você pode utilizar ferramentas para tornar a descoberta do seu cliente mais fluida e surpreendente.

 

Pontos de reflexão

Você deve ter (ou ser) um vendedor pró-ativo, já que se trata de uma venda com alto valor agregado. Sabendo que o cliente fará uma compra pensada e planejada.

Dominar a língua inglesa já não é um diferencial e sim uma obrigação. Brindes, chaveiros e promoções podem ser utilizados, porém isso já não é grande coisa. Inove nesse mercado focando em superar as expectativas. Para isso, entenda quais são as expectativas, não as suas, e sim as dos seus clientes (ou futuros).